Durão Bikes

Pedivela Rotor 3d+ Com Medidor De Potência Inpower 53-39

Quantidade de avaliações: 0
Nota do produto: 0

SKU: 133032

Marca: Rotor


Por:
R$ 5.499,00

R$ 5.224,05 à vista com desconto Boleto - Yapay
Simulador de Frete
- Calcular frete

A ROTOR acaba de surpreender o mercado com seu mais novo modelo de potenciômetro,

que pode ser usado em road, MTB ou cyclocross, ou em qualquer outra tipo de bike, já que o potenciômetro foi colocado dentro do eixo do movimento central.

A ideia de colocar o potenciômetro nesse espaço apresenta várias vantagens: por estar dentro do eixo, o sistema está protegido do impacto de condições climáticas adversas, além de ser compacto e imperceptível. Além disso, a ROTOR conseguiu que o modelo INpower funcionasse com apenas 1 pilha AA, muito fácil de ser encontrada e trocada, e só com ela a ROTOR garante 300 horas de pedal (sabe o que é isso? Para um profissional, seria como fazer 3 Tours de France seguidos!)

De se notar também que, ao ser projetado para eixos de movimento central de 30mm, o INpower pode ser usado na grande maioria dos modelos de pedivela disponíveis no mercado.

O INpower é compatível com quase todos os movimentos centrais: BSA, ITA, BB/PF30, PG86/92, BB386EVO e BBRight. A única grande exceção é o sistema Trek BB90/92/95, que não se adapta ao INpower.

O INpower possui 2 medidores de tensão posicionados a 180° um do outro. Baseado nisso, o sistema afere diretamente apenas a força empregada pela perna esquerda e a duplica para a perna direita, um sistema comumente adotado por outros similares do mercado, que também entendem que a força aplicada pelas duas pernas é a mesma. Com essas informações é feito o cálculo da potência total.

A velocidade angular é medida com um acelerômetro. A grande maioria dos potenciômetros mede a velocidade apenas uma ou duas vezes por rotação. Todavia, a velocidade nunca é constante! Afinal, é muito improvável que alguém consiga manter exatamente a mesma potência ao longo de uma rotação do pedal. O INpower inova também nesse quesito, medindo a exata velocidade rotacional constante, o qe quer dizer que ele consegue ter exata noção da força empregada pelo ciclista ao longo de um giro de 360º no pedal. Essa função é essencial caso você use as coroas ovais QRings, muito mais eficientes do que as coroas redondas na hora de manter essa velocidade rotacional. Essa especificidade do INpower permite aferir, também, a cadência, sem precisar de nenhum ímã ou sensor adicional.

Tudo isso funciona com apenas 1 bateria AA, e com ela você pedala durante 300 horas obtendo as informações essenciais para aprimorar seu treino. Também aceita bateria recarregável. Colocar e tirar a bateria é muito simples, basta girar a tampa protetora, nenhuma ferramenta é requerida para a tarefa.

A antena ANT+ é discreta, um pequeno prolongamento do braço do pedivela.

Apesar de a ROTOR possuir o pedivela top de linha ROTOR POWER, que afere a potência de cada lado individualmente, e de ter também o modelo POWER LT, cujo mecanismo está no braço do pedivela, esse lançamento INpower certamente vai cair no gosto dos consumidores pela quantidade de informação fornecida.

Além das medidas tradicionais oferecidas pelos potenciômetros, o INpower oferece exclusivas ferramentas de análise gráfica que podem ser usadas com o software instalado no seu computador (software baixado gratuitamente do site ROTOR). O INpower consegue calcular o “torque effectiveness”, ou seja, ele indica a força aplicada ao puxar o pedal para cima ( torque positivo) e compara com a força usada ao empurrar o pedal para baixo (torque negativo), passando pelo ponto morto. Ao comparar esses resultados, o ciclista entende melhor sua forma de pedalar e pode corrigi-la para produzir mais torque positivo em cada rotação. Ou, ainda, o INpower consegue determinar o tipo de giro do ciclista, o chamado “pedal smoothness”, isto é, ele consegue indicar o quão homogênea é a força aplicada nos 360° de uma pedalada. Com isso o ciclista identifica o seu giro, consegue saber se ele está pedalando em círculos ou em formato mais quadrado. Por fim, existe uma função chamada de “Optimum Chainring Angle” (ângulo ótimo da coroa), que foi projetada tendo em mente as coroas ovais QRings da marca, e que indica o melhor posicionamento a ser adotado para se obter os máximos benefícios das coroas ovais. Tudo isso melhora, sem sombra de dúvida, a técnica e os treinos do ciclista, o que se reflete em melhoria de performance e mais prazer de pedalar.

Todas as partes do potenciômetro são feitas na Espanha, nos arredores de Madri, assim como todas as coroas, pedivelas, spiders e parafusos da marca. Os componentes eletrônicos do INpower são feitos pela também espanhola INDRA.

ROTOR trabalha em conjunto com a marca alemã de ciclocomputadores OSynce, que lê todas as informações dos potenciômetros ROTOR.

O sistema de leitura dos dados NÃO possui bluetooth, ele é apenas ANT+.

Esse medidor de potência vem acoplado a um pedivela ROTOR 3D+ para road bike ou bike de triathlon, modelo forjado a frio e feito através do exclusivo sistema Trinity Drilled System da ROTOR, que proporciona leveza e rigidez ao pedivela. Conheça mais detalhes sobre o produto em nosso site.

A antena ANT+ do INpower é discreta, um pequeno prolongamento do braço do pedivela, compatível com Garmin, Osynce, Bryton e outros.

 Principais características do INpower:

-Braço 172,5mm

- para eixo do movimento central com 30mm

- pode ser usado por 300 horas ininterruptas

- requer 1 única pilha AA

- peso: aproximadamente 740gr com as 2 coroas

- transmissão ANT+

-Acompanha coroas Q-rings 53-39

Características


Deixe seu comentário e sua avaliação